Energia Aeólica – Japão

Bandeira Brasil       Bandeira Itália       Bandeira Inglaterra       Bandeira França1       Bandeira Espanha1

Pós-Fukushima –  Japão Constrói o primeiro dos 140 moinhos flutuantes

O Japão está quase concluindo a construção do primeiro dos 140 moinhos de vento flutuantes, e isto proporcionara uma alternativa mais segura do que sua atual infra-estrutura de energia nuclear. Quando sera ligado nos proximos dias, com 350 metros de altura, o moinho de vento flutuante estará apenas 12 km dos reatores nucleares severamente danificados de Fukushima e ira gerar energia suficiente  para abastecer 1.700 casas.

Offshore-Wind-Turbines-537x358Quase inteiramente dependente da energia nuclear apenas dois anos atrás , o governo japonês está fazendo um grande esforço para desenvolver energia limpa e renovável . O moinho de vento é apenas um, do projeto de 140 turbinas eólicas flutuantes que serão construídos ao custo de 22 bilhões de ienes, ou de US $ 226 milhões. Em 2020 o projeto offshore espera gerar mais de um gigawatt de energia elétrica , o que equivale à energia gerada por um único reator nuclear.

Os moinhos japoneses são diferentes de outras turbinas no mar que se apoiam em plataformas gigantes flutuantes “ancorados” ao fundo do mar . O local da construção de moinhos de vento mais antigos em outros países sempre foram com profundidades menores sendo necessários serem deslocados para o fundo do mar, que no caso do Japão deveriam ser ancoradas e enterradas em profundidades muito grandes. As plataformas flutuantes, no entanto, podem substituir completamente esta restrição.

Pesquisadores da Universidade de Tóquio também fizeram simulações em computador, que determinou o aproveitamento do vento em águas profundas na costa do Japão. Poderia gerar tanto quanto 1.570 gigawatts de eletricidade. Isso é oito vezes a capacidade atual de todas as empresas de energia do Japão combinados , o que é bem promissor, mas é extremamente caro para construir moinhos de vento ancoradas no fundo do mar.

Large-Offshore-Windmill-Plant-537x302O Japão está introduzindo outras fontes de energia renováveis. Em junho passado, ele criou no país um programa de incentivo para diversificar suas fontes de energia, que já realizou um adicional de 3,6 gigawatts de capacidade.

 

By Kevin Lee –  Inhabitat

Via NY Times

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s